Temporada de caça no Otto

Passando tranquilamente de ônibus a caminho do trabalho eis que me deparo com uma atrocidade em forma de outdoor: “Temporada de caça no Otto: Sabores primitivos para paladares refinados“.
 
Para quem não conhece, o Otto é um restaurante na Tijuca e nos meses de abril e maio eles inventaram esta “temporada de caça”, onde servem carne de javali, paca, lebre, cateto, capivara, queixada e marreco – muitos destes animais em extinsão. (http://www.otto.com.br/)
 
Além de uma grande reviravolta no estômago em pensar nesse monte de carne junta, me deixou bastante incomodada um evento gastronômico com o nome de “temporada de caça”! E o pior que tem no outdoor a foto dos pratos, com o formato até da patinha do animal!!!!
E abaixo do outdoor, a roupa pendurada da moradora de rua que “mora” ali do lado do Tijuca Tênis Clube (quem mora na Tijuca sabe bem quem é a figura..)
 
Aí mais uma vez a gente pára e pensa… “Que mundo é esse que eu tô vivendo mesmo?”
Dinheiro, trabalho e status envolvidos na espetacularização desse crime ambiental, ao lado de um crime social que já faz parte do cotidiano…
 
A temporada de caça vai continuar, algumas pessoas vão ignorar esse e-mail e não sou eu que vou convencer as pesssoas de serem vegetarianas…Só não consegui ficar calada (quem me conhece, sabe…rs)

Sobre Aline Satyan

Aline Satyan é formada em Estudos de Mídia pela Universidade Federal Fluminense, mestre em Indústrias Criativas pela Universidade Paris 8 e autora do livro “Produção de Cultura no Brasil: Da Tropicália aos Pontos de Cultura”. Com experiência em políticas culturais e programas de formação para a cultura, trabalhou em diferentes projetos na esfera governamental e universitária. Há alguns anos tem se dedicado a estudar processos de colaboração e atuar como educadora, facilitadora de grupos e consultora de gestão em organizações culturais. Certificou-se em design para sustentabilidade no Programa Gaia Education na ecovila Terra Una (Liberdade, MG) em 2014, Aprofundamento em Dragon Dreaming na Pedra do Sabiá (Itacaré, BA) em 2015 e em Design Permacultural no Instituto Pindorama (Nova Friburgo, RJ) em 2016. É coordenadora do programa Gaia Jovem Serrano, co-fundadora da Cena Tropifágica e da Txai Design de Experiências, e sua principal busca atualmente é por uma vida de consciência, criatividade e em cooperação. Para saber mais: https://www.facebook.com/gaiajovemserrano/ https://www.facebook.com/txaidesigndeexperiencias/ http://www.cenatropifagica.com/

Publicado em 10/05/2009, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: