Uma Maré de Guerra

Já que a “grande mídia” não colabora, cabe à gente divulgar nas “micromídias”.

É muito absurdo o que está acontecendo por si só, mas a não repercussão dessa ligação da polícia ocm o tráfico é mais revoltante ainda!

Texto de um morador da Maré publicado originalmente em http://fazendavirtual.wordpress.com/2009/11/27/uma-mare-de-guerra/

Durante essa semana, o 22º batalhão da Policia Militar do Estado do Rio de Janeiro iniciou uma operação para tapar os buracos na favela Parque União no Complexo da Maré.

Os grandes meios de comunicação noticiaram que o objetivo desta missão era reprimir o tráfico de drogas e o roubo a carros nas vias expressas que ficam próximas à comunidade. Há quem discorde destas notícias. Um deles sou eu.

Voltemos no tempo e vejamos os motivos para desconfiar desta ação. Em abril deste ano, os traficantes Nei da Conceição Cruz, o Facão, e Márcio José Sabino, o Matemático, ganharam o direito de trabalhar fora da prisão. O nome dado a essa idiotice é “progressão da pena“. Fugiram. Óbvio. Só a polícia não sabia. Noooooooossa! Que polícia inteligente.

Dois meses depois da fuga, a guerra. A bendita guerra.

Com o slogan “Acabou a miséria, o império caiu” o TCP foi a luta. Na garra e na marra, tomou namoral os pontos de vendas de drogas na Vila do Pinheiro e na Vila do João. Não sem antes de dizimar, brutalmente, uma geração inteira de jovens. Uns 100.

Na época, lembro-me bem, moradores tentaram denunciar a participação da polícia na invasão. Foram ignorados. Nem sequer houve investigação. Pelo menos que eu saiba. Simplesmente disseram que era um absurdo. E pum! Abafaram o caso. O pior disso tudo, é que os moradores sabem que foi o Caveirão que deu passagem pro bonde do TCP…

A guerra passou e a Maré pôde respirar finalmente. Agora tá só lazer, é tudo 3!

O que ninguém nunca mais comentou foi que o Facão saiu da cadeia escoltado por policiais civis. É isso mesmo. Por policiais civis! Por que será?

Sirene ligada. É o mundo se acabando e bem de baixo dos nossos narizes.

Outra evidente ligação da polícia com o Terceiro, é que no dia 17/09/09 a polícia apreendeu na Baixa do Sapateiro uma farda completa do BOPE na casa do traficante Tavito Diniz de Queiroz, que portava, além da farda, um armamento pesado. Disseram que ele produziu a farda no quintal de casa. Tu acredita? Nem eu.

Tudo isso companheiro, é pra dizer que está prestes a estourar outra guerra no Complexo da Maré. E, novamente, com ajuda da polícia. Não tô profetizando. É o papo que tá rolando. O Terceiro Comando Puro vai de bicho pra cima do Comando Vermelho. E as próximas vitimas são os moradores da Nova Holanda e do Parque União. Onde, ultimamente, o 22º batalhão tem investido suas forças.

Tomara que eu esteja errado. Tomara que só tomara. Tomara. Porque, como constatado pelos fatos acima, a nossa polícia anda de mãos dadas com os nossos traficantes.

Evoé e o recado está dado.

Sobre Aline Satyan

Aline Satyan é formada em Estudos de Mídia pela Universidade Federal Fluminense, mestre em Indústrias Criativas pela Universidade Paris 8 e autora do livro “Produção de Cultura no Brasil: Da Tropicália aos Pontos de Cultura”. Com experiência em políticas culturais e programas de formação para a cultura, trabalhou em diferentes projetos na esfera governamental e universitária. Há alguns anos tem se dedicado a estudar processos de colaboração e atuar como educadora, facilitadora de grupos e consultora de gestão em organizações culturais. Certificou-se em design para sustentabilidade no Programa Gaia Education na ecovila Terra Una (Liberdade, MG) em 2014, Aprofundamento em Dragon Dreaming na Pedra do Sabiá (Itacaré, BA) em 2015 e em Design Permacultural no Instituto Pindorama (Nova Friburgo, RJ) em 2016. É coordenadora do programa Gaia Jovem Serrano, co-fundadora da Cena Tropifágica e da Txai Design de Experiências, e sua principal busca atualmente é por uma vida de consciência, criatividade e em cooperação. Para saber mais: https://www.facebook.com/gaiajovemserrano/ https://www.facebook.com/txaidesigndeexperiencias/ http://www.cenatropifagica.com/

Publicado em 04/12/2009, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Aline, que coincidência encontrar o seu blog. Recomecei meu trabalho na Maré há poucos dias, dessa vez na "Redes da Maré", em Nova Holanda. Fazendo uma viagem pelo google achei seu blog. Muito legal saber que ele existe, saber do seu livro e ler a matéria que vc publicou.Com tempo poderemos trocar mais sobre a Maré, está bem?Um abraço, Dudu (

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: