A chuva que atingiu a região metropolitana do Estado do Rio entre a última segunda e terça-feira (5 e 6/04), provocou uma série de estragos urbanos, paralisação das atividades na cidade, mais de 90 mortes e algumas conclusões infelizes sobre a política pública do Estado.

O governador Sérgio Cabral coloca a culpa das mortes em função dos deslizamentos em moradores das áreas irregulares das encostas (leia aqui). Em uma atitude irresponsável enquanto gestor público, conclui que estes moradores ocupam tais espaços por insistência e vontade própria, “atrapalhando” o trabalho de revitalização da cidade maravilhosa.

Sob esta argumentação, ainda justifica o projeto paleativo e preconceituoso de construir muros em volta dos morros para impedir a expansão das favelas, como há está sendo realizado no Complexo da Maré (como mostra a foto abaixo).

Curioso é que em momento algum as palavras “saúde”, “educação”, “meio ambiente”, “segurança pública”, “saneamento básico” aparecem em sua fala em relação aos moradores das favelas. Em vez de garantir o acesso a estes direitos básicos à (toda) população, o governador Sérgio Cabral e seu amigo prefeito Eduardo Paes preferem investir o dinheiro dos impostos dos trabalhadores em obras cosméticas e propaganda da cidade.

E ainda gastam dinheiro público fazendo campanha eleitoral antes da hora defendendo os royalties do petróleo para o Rio. Francamente….

Na contramão dessa falta de sensibilidade, internautas se organizam para realizar um evento em prol dos desabrigados:
http://spreadsheets.google.com /viewform?formkey=dEhpdEZqeW50Mktra0JLcDFoeERnY1E6MA

Leia as matérias publicadas na mídia alternativa:

http://ocidadaonline.blogspot.com/2010/04/sergio-cabral-acusa-os-pobres-das.html

http://www.apn.org.br/apn/index.php?option=com_content&task;=view&id;=1616&Itemid;=1

http://virusplanetario.wordpress.com/2010/04/07/chuvas-no-rio-nem-tudo-vale-a-pena/

Sobre Aline Satyan

Aline Satyan é formada em Estudos de Mídia pela Universidade Federal Fluminense, mestre em Indústrias Criativas pela Universidade Paris 8 e autora do livro “Produção de Cultura no Brasil: Da Tropicália aos Pontos de Cultura”. Com experiência em políticas culturais e programas de formação para a cultura, trabalhou em diferentes projetos na esfera governamental e universitária. Há alguns anos tem se dedicado a estudar processos de colaboração e atuar como educadora, facilitadora de grupos e consultora de gestão em organizações culturais. Certificou-se em design para sustentabilidade no Programa Gaia Education na ecovila Terra Una (Liberdade, MG) em 2014, Aprofundamento em Dragon Dreaming na Pedra do Sabiá (Itacaré, BA) em 2015 e em Design Permacultural no Instituto Pindorama (Nova Friburgo, RJ) em 2016. É coordenadora do programa Gaia Jovem Serrano, co-fundadora da Cena Tropifágica e da Txai Design de Experiências, e sua principal busca atualmente é por uma vida de consciência, criatividade e em cooperação. Para saber mais: https://www.facebook.com/gaiajovemserrano/ https://www.facebook.com/txaidesigndeexperiencias/ http://www.cenatropifagica.com/

Publicado em 07/04/2010, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Tenho certeza que não foi essa a intenção. Cabral está nervoso, aliás, todos nós estamos nervosos com esses acontecimentos.

  2. Muito triste essa situação e o descaso das autoridades.Espero que tudo se resolva o mais breve possível e que tudo sirva de aprendizado para as autoridades já que o estado do RJ será sede de grandes evento esportivos…Porém antes de tudo existe cidadãos que merecem respeito e cuidadosDireitos iguais a todos!!Jamile Barbosa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: